Doses de Ânimo > Abster-se da prostituição

Abster-se da prostituição

Abster-se da prostituição

Provérbios 7:1- 27
O livro de provérbios ensina a precaução e a cautela no que se diz respeito as coisas relativas a prostituição. Assuntos relacionado ao sexo ddntro do conselho divino vêm carregadas com princípios e valores que destilam prazer temporário. Entre muitas coisas a preguiça, a gula, e especificamente o capitulo sete refere-se forma como tratamos a questão sexual desproposital, ou seja adultério ou fornicação ou qualquer atividade sexual fora das implicações de um relacionamento legal, pois o amor sem compromisso vale tanto quanto o ódio. Principalmente quando as atitudes do ato sexual visam um fim egoísta e interesseiro e comercial que é a prostituição. Uma das propostas da sexualidade além de proporcionar prazer entre os cônjuges é a procriação. O prazer pelo libido deve ser praticado dentro dos propósitos de Deus para o casamento. Fora disso, o ato libidinoso sem compromisso não é aconselhado a praticar. Tudo aquilo que foge aos propósitos divino, causam escravidão e dependência. Torna-se um fim em si mesmo. Nesse sentido o livro Provérbios adverte a precaver-se contra as ilusões provocadas pelo prazer do libido: Filho meu, 1- Guarda as minhas palavras, e esconde dentro de ti os meus mandamentos.2 Guarda os meus mandamentos e vive; e a minha lei, como a menina dos teus olhos. 3 Ata-os aos teus dedos, escreve-os na tábua do teu coração. 4 Dize à sabedoria: Tu és minha irmã; e à prudência chama de tua parenta...



Confira Também:

Sapiência
Sacrifícios de louvor
Crianças, um estado de alma
Confiança em Deus e a proteção divina
Quando tudo parecer contrário
O casamento desperta dos sonhos
Contato: Email: revpedroalmeida@gmail.com | Fone: (041) 9679-5086

Copyright © Minacq - Todos os direitos reservados